REUNIÃO

Broch destaca oportunidades surgidas no novo momento do associativismo sindical

Para João Luiz Broch, presidente do Sinduscon Paraná Oeste, a abertura de novas oportunidades com o novo modelo sindical vigente, deixará o setor ainda mais fortalecido, coeso e sustentável.

O tema “Novo modelo do associativismo” foi debatido na reunião de associados, no dia 26 de fevereiro, em sua sede em Cascavel.

Para Broch, a representação sindical brasileira, em todos os níveis e categorias, passa por sua mais profunda transformação da história. “O fim da contribuição sindical fez com que as instituições se reinventassem. No entanto, tudo indica que nem todas as instituições sindicais sobreviverão diante desta nova realidade. É preciso gestão profissional, eficiência e entendimento de sua finalidade primordial. Vivemos um novo modelo, de ruptura do tradicional”, diz o presidente.

No caso do Sinduscon Paraná Oeste, houve um planejamento financeiro prévio bem sucedido, desenvolvido ao longo das gestões dos 25 anos de história da instituição, e que criou um “colchão”, que garante a momentânea estabilidade de seu funcionamento.

A exemplo de outras instituições semelhantes, o Sinduscon também precisou se adaptar à nova realidade, enxugando suas despesas e estrutura ao mínimo possível. Por outro lado, implementou serviços que geram receita extra, aliviando a redução de receita do sindicato. Durante a reunião o presidente anunciou que está em estudos proposta de reajuste das mensalidades dos associados, congeladas há 16 anos.

Por fim, a empresa Grubras – Indústria e Comércio de Gruas apresentou seus produtos e soluções aos associados e ofereceu um jantar a todos os presentes na Sede do Sindicato.